Aplicação de Fios Tensores para a Flacidez Cutânea 2017-08-05T07:13:57+00:00

Project Description

Aplicação de Fios Tensores para a Flacidez Cutânea

É um  método de LIFTING baseado na colocação múltipla de fios de Polidioxanona (PDO), que formam uma rede vetorial que atua como suporte dos tecidos.

Provoca um efeito lifting que se vai notando nuns casos e noutros é imediato, dependendo do tipo de fio usado. Simultaneamente favorece a produção natural de colágeno.

Estimula o rejuvenescimento da pele, fornecendo vitalidade, elasticidade e uma maior luminosidade.

Melhora o aspeto das pequenas rugas, dos sulcos nasogenianos e da pele flácida.

Em que consiste?

A aplicação é relativamente simples e rápida (20-30 minutos)

É aplicado usando uma técnica ambulatória, necessitando apenas anestesia tópica local. Sem necessidade de hospitalização.

A terapia consiste na inserção de pequenas agulhas carregadas com  fios de Polidioxanona (PDO) que permanecem na derme, após a remoção das agulhas.

Sem tempo de recuperação. O retorno do paciente à sua vida diária é quase imediato, podendo mesmo aplicar após algumas horas maquilhagem.

A existencia  de diferentes tamanhos de agulhas facilita o tratamento e adaptação a cada zona e às características do paciente.

Ao mesmo tempo que realiza um tratamento estético obtém um resultado terapêutico na melhoria dos tecidos, activação da irrigação sanguínea e dos canais linfáticos.

Resultados

Reduz o stress cutâneo e abranda o envelhecimento da pele, atrasando o relógio biológico.

Estimula a derme, de forma a produzir uma regeneração natural na produção de colágeno e elastina, simultaneamente acelerando o metabolismo da pele.

A regeneração do colágeno é vitalizada com o tempo, o que ajuda a suavizar as rugas e pregas e proporcionando uma maior elasticidade e luminosidade à pele. Melhora a pele flácida.

Produz uma melhoria na circulação sanguínea e também nos canais linfáticos. O resultado é uma melhoria significativa na aparência e textura da pele, dando um aspeto mais descansado.

Os fios inseridos estimulam os macrófagos, as células mais ativas na remoção da inflamação. A sua ação na  derme proporciona um efeito benéfico em vários problemas cutâneos como eczema, pele atópica, acne, etc..

A activação de canais sanguíneos e linfáticos ajuda a mobilizar e eliminar os depósitos de gordura.

Estimula a função imunológica e melhora a cura natural.

O que nota o paciente?

A tensão provocada pelos fios implantados vai-se notando progressivamente nuns casos e imediatamente noutros, dependendo do tipo de fios usados.Mas no final o obejctivo, é o lifting facial com a diminuição nomeadamente da flacidez.

Os fios começam a atuar imediatamente. A partir da terceira/quarta semana os efeitos reais começam a ser visíveis.

O ponto de efeito máximo é atingido após 2 a 3 meses.

Demoram entre 6 a 8 meses a serem reabsorvidos. Durante este tempo a sua presença continua a estimular a ação dos fibroblastos, aumentando a produção de colágenio e elastina. Isto faz com que os efeitos perdurem ao longo do tempo mesmo após os fios desaparecerem.

Se for necessário, pode-se repetir o procedimento implementando novos fios até obter o efeito desejado. Podem-se realizar retoques a qualquer momento.

Vantagens

Lifting NÃO CIRÚRGICO.

É realizado em consulta ambulatória, não requer hospitalização e usa apenas anestesia local tópica.

Não apresenta rejeição ou efeitos secundários significativos.

Procedimento simples e rápido de aplicar.

Não existe tração mecânica dos fios. Não há necessidade de atar ou fixar as suturas.

O grau de satisfação dos pacientes é elevado.

Pode ser combinado e/ou complementado com outras técnicas de medicina estética (preenchimentos, mesoplastia facial com ácido hialurónico e vitaminas, etc.)

Não é um procedimento agressivo. Não apresenta reações adversas.

A sua função é a de estimular a acção dos fibroblastos, de modo a que os seus efeitos sejam naturais. Não existe risco de produzir deformações ou alterações nos traços faciais do paciente.

Possíveis efeitos secundários

Pode haver hemorragias na derme/hipodérme, ocasionando hematomas.

A possibilidade de surgirem infecções é muito baixa se forem cumpridas as normas básicas de higiene.

As zonas tratadas podem ficar inflamadas e haver alguma sensibilidade.

O paciente não precisa de tempo de recuperação e pode retornar às suas atividades diárias de forma imediata.

Contra-indicações

Infecções nas zonas a tratar.

Doenças autoimunes

Gravidez e lactação.

Diabetes Mellitus não controlado

Doença cardiovascular aguda.

Mais do que Estética. Nós Cuidamos de Si.

Contacte-nos