Saiba como a toxina botulínica pode ajudar nos Tratamentos Dentários

A aplicação da toxina botulínica para fins médicos e terapêuticos, e para a correção de problemas estéticos, como a diminuição das rugas e linhas de expressão, já é bastante divulgada e conhecida por milhares de pessoas. Mas o que muitos ainda não conhecem são os benefícios proporcionados pelo produto também nos tratamentos Dentários.

Na odontologia, a toxina botulínica atua na diminuição da tensão muscular, ela pode ser utilizada para diversas finalidades na área, como é o caso do controlo do bruxismo, conhecido pelo ato de ranger os dentes durante o sono.

Quando a toxina botulínica é injetada num dos músculos da face, a tensão diminui, de maneira que não há força o suficiente para provocar o atrito entre os dentes, causando o desgaste ou a fadiga dos músculos da mastigação, uma das situações responsáveis pelas dores orofaciais. A vantagem em relação ao tratamento tradicional é que, diferentemente das placas noturnas, que podem gerar desconforto ao paciente, a toxina não causa incómodo.

As assimetrias de face (ligadas à hipertrofia dos músculos da mastigação), o sorriso assimétrico, o controle de alguns tipos de sialorreias (secreção abundante de saliva) e as dores orofaciais ligadas à disfunção da articulação temporomandibular (DTM muscular, caracterizada pela fadiga dos músculos da mastigação), também podem ser corrigidas com a aplicação da toxina. A toxina botulínica também é eficaz no tratamento do sorriso gengival, que acontece quando há exposição excessiva da gengiva ao sorrir.

As principais vantagens da toxina botulínica são os resultados rápidos, sem ou quase nenhum efeito colateral, tornando a sua utilização bastante segura.

Fale connosco para mais informações.

 

2017-08-17T00:33:42+00:00 Agosto 17th, 2017|